21.1.10

A Estrada


Já se passaram uns anos desde o meu último bife de humano. Lembro-me de uma carne clara, tenra, ligeiramente adocicada. O paladar estranhava-se, a princípio, mas, com o prolongar da degustação, percebia-se que havia ali grande mérito carnívoro. Não voltei a repetir o manjar porque deixou de se ver nos supermercados. Tenho muita pena. Felizmente para os mais suculentos entre nós e infelizmente para os restantes, o canibalismo não é um hábito generalizado na nossa sociedade. Ao contrário do que sucede no mundo pós-apocalíptico de A Estrada, valente filme baseado na obra homónima de um escritor americano com nome muito parecido com "Conan O'Brien". Só é pena tentarem impingir-nos um Aragorn escanzelado e doente. Todos sabemos que não lhe custaria nada correr com centos de canibais à espadeirada.

Agora que penso melhor, é possível que a tal carne apetitosa que comi fosse de avestruz e não de humano. Era de um bípede, com toda a certeza.

Classificação: http://inepcia.com/cinemateca/olho5b.gif

The Road

De: John Hillcoat

Com: Viggo Mortensen, Kodi Smit-McPhee, Charlize Theron

Origem: http://inepcia.com/cinemateca/us.gif

Ano: 2009


5 comentários:

catarina disse...

Porra, por momentos temi...

Tiago Ramos disse...

The Road não é um filme fácil, não é para estômagos fracos. Porque dá-nos socos e nós limitamo-nos a aceitá-los, como se arcássemos com o mesmo fardo que as personagens, como se a nossa estrada também não tivesse fim. A dada altura, talvez pedíssemos um argumento menos linear – uma explicação para tal apocalipse. Mas isso, nunca nos é dado. E nós limitamo-nos a esperar, angustiados. Angustiados. E nada mais.

http://splitscreen-blog.blogspot.com/

ADEK disse...

Vi ontem... Saí angustiada... (Quero-me sempre armar em forte, mas senti a lagrimita a saltar em alguns momentos. Mas não chorei!):P*

hg disse...

Angustiante é a palavra-chave. De querer cortar os pulsos e outras coisas assim queridas e fofas. Aposto que o Haneke, mesmo assim, deve ter achado este filme muito sentimentalão.

pedro disse...

Muito bom!
mostra um mundo sem esperança aparente mas totalmente possível!
adorei a atuação da dupla o filme não poderia ser melhor!
é com certeza um dos melhores filmes que nínguem viu!

 

a cinemateca deu cabo de mim © 2008. Chaotic Soul :: Converted by Randomness