1.4.09

Manoel de Oliveira recria Canção de Lisboa


Aos cem anos de idade, o decano do cinema mundial não cessa de surpreender. Manoel de Oliveira deslocou-se às instalações da antiga Tóbis para apresentar o seu mais recente projecto, um remake de A Canção de Lisboa, de 1933, primeira grande comédia portuguesa e um dos filmes nacionais mais populares de sempre. Aos que torcem o nariz à ideia, Oliveira vai garantindo que o novo filme será uma comédia e prometeu manter-se fiel ao espírito do original, pedindo apenas que lhe seja dado o benefício da dúvida. O realizador fez-se acompanhar por alguns dos actores principais da sua recriação do filme de Cottinelli Telmo, exceptuando o francês Gérard Depardieu (no papel de Vasco Leitão, não se sabendo ainda se será dobrado ou se falará em português), ocupado nas filmagens de outro projecto. Leonor Silveira será Alice (Beatriz Costa, no original) e Luís Miguel Cintra será o Alfaiate Caetano (António Silva). Outro dos presentes foi Ricardo Trêpa, neto do realizador, a quem caberá o papel de Carlos, melhor amigo de Vasco, que, no original foi interpretado precisamente por um jovem Manoel de Oliveira.

5 comentários:

Autor disse...

Mau!

A Soraia Chabes num entra? Bê-se logo que o Olibeira num percebe nada de cinema, carago!

Autor disse...

Mas, para 1 de Abril, não está nada mal, não sr.

Salustio disse...

Ai ele é esse dia? Não tinha reparado.

Sandra disse...

esta é claramente mentira :) mas das boas!

Salustio disse...

Que me caia já aqui uma caneta no chão se isto não é verdade verdadinha. Palavra de honra.




*tlek*

 

a cinemateca deu cabo de mim © 2008. Chaotic Soul :: Converted by Randomness