12.2.09

Um Dia de Cada Vez


E se a Floribella não fosse atrasada mental? Nunca saberemos. Há coisas que têm muita força. Mas, com um pouco de imaginação, poderemos conceber que seria parecida com Poppy, a irresistível protagonista de Um Dia de Cada Vez, senhora de um optimismo inabalável e que parece resistir com boa disposição de aço a situações e pequenas misérias quotidianas capazes de deprimir a maioria de nós. O último filme de Mike Leigh parte de uma história simples e alcança a grandeza pelo enorme desempenho de Sally Hawkins, premiada como melhor actriz num musical ou comédia nos Globos de Ouro e de fora das nomeações para os Óscares pela alergia costumeira da Academia aos papéis mais "ligeiros" (Robert Downey Jr. entre os nomeados de 2008 pelo papel em Tropic Thunder é uma das excepções que confirmam a regra). Secundário, mas não menos meritório é Eddie Marsan como Scott, problemático instrutor de condução de Poppy, carrancudo, paranóico, deprimido e um perfeito oposto da sua garrida instruenda. Porque se fala muito por aqui dos péssimos títulos nacionais de filmes estrangeiros e é preciso ser justo de vez em quando, destaque-se o excelente título português, fiel ao espírito do intraduzível título original.

Classificação: http://inepcia.com/cinemateca/olho5-5b.gif

Happy-Go-Lucky

De: Mike Leigh

Com: Sally Hawkins, Eddie Marsan, Alexis Zegerman

Origem: http://inepcia.com/cinemateca/gb.gif

Ano: 2008

2 comentários:

MeninaPalito disse...

Os senhores da Academia deviam era ter umas aulas de condução com o Scott. EN-RA-HA!!!!

Salustio disse...

Ora pois deviam.

 

a cinemateca deu cabo de mim © 2008. Chaotic Soul :: Converted by Randomness